Defender que algum aspecto do comportamento humano é “igualmente biológico e cultural”, longe de esclarecer o problema, o obscurece.