A pornografia tem figurado como um novo e destrutivo vício. É provável, no entanto, que o alvoroço propagado pelos movimentos antipornografia esteja equivocado.