O ctenóforo, um tipo de invertebrado marinho já pensado como mais próximo das águas-vivas, pode ser a chave para a compreensão da evolução não só dos sistemas nervosos, mas da inteligência em outros planetas.